Saiba mais

A Argumente atende às demandas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC)?

Sim. Em conformidade com a BNCC, a Argumente assume uma perspectiva enunciativo-discursiva de linguagem. Em termos práticos, isso significa que as atividades de leitura e escrita da plataforma sempre estarão relacionadas aos contextos de produção e circulação dos gêneros discursivos/textuais, de forma a proporcionar aos estudantes um desenvolvimento de habilidades para uso significativo da linguagem em práticas sociais, por meio de múltiplas mídias e semioses.

A Argumente contempla quais gêneros discursivos/textuais?

Atualmente, a Argumente oferece sugestões de tarefas e temas para a elaboração de atividades de mais de 30 gêneros de produção textual. Contudo, se você não encontrar o gênero que procura, você tem autonomia para criar ou usar atividades do seu repertório pessoal. O processo é simples e oferece muitas possibilidades. Você pode inserir e formatar textos, incluir links, imagens, tabelas, vídeos, podcasts e anexos.

Quais os tipos de ferramentas e tarefas que a Argumente oferece?

A Argumente oferece uma variedade de tarefas para o professor trabalhar, de acordo com seu planejamento, disponibilidade de tempo e contexto de atuação. Essas tarefas e ferramentas didáticas estão diretamente relacionadas ao gênero trabalhado. Por meio delas, é possível ao professor propor atividades que contemplem desde a construção de repertório de conhecimento do aluno, passando pela análise do contexto de produção de um gênero, até a reescrita.

Posso construir sequências de atividades?

Sim. Você pode encadear tarefas que auxiliem o aluno a desenvolver suas habilidades de produção textual. Ao longo desse processo, você pode orientar e intervir de acordo com as necessidades evidenciadas pelo desempenho dos estudantes. Considerando sua disponibilidade de tempo e especificidades de sua prática pedagógica, você pode solicitar, em momentos diferentes, uma tarefa de construção de projeto de texto, seguida de uma produção e de uma reescrita, por exemplo.

Posso solicitar uma atividade para um único aluno ou para um grupo de alunos?

Sim. Esse recurso permite que você personalize seu trabalho e aborde questões específicas com um aluno ou com um grupo de alunos. Dessa forma, é possível desenvolver atividades de recuperação ou atividades complementares em contraturno, por exemplo.

Como o estudante produz seu texto na Argumente?

A produção do texto pode ser feita por meio de digitação na plataforma ou pelo upload da imagem de um texto manuscrito. A escolha fica a critério do professor, de acordo com seu projeto pedagógico e objetivos.

Que tipo de métricas e indicadores encontro na Argumente?

Para ampliar sua capacidade de diagnóstico e apoiar seu planejamento, a Argumente organiza indicadores de empenho e desempenho dos alunos, além de dados sobre o processo de correção, seja ela realizada por você ou por outros corretores. De forma ágil e objetiva, você identifica os pontos fortes e as oportunidades de melhoria de cada aluno, de uma turma ou de um determinado ano. Além disso, por meio dos dados fornecidos pela plataforma, é possível gerir o tempo, a profundidade e a qualidade das correções.

A Argumente disponibiliza grades de avaliação?

Sim. A correção de atividades de produção de gêneros discursivos/textuais por meio das grades disponibilizadas pela Argumente torna concretos, a professores e estudantes, os aspectos que necessitam de aprimoramento nas habilidades discursivas. A avaliação das produções textuais envolve aspectos relacionados à coesão, à coerência, ao atendimento à forma composicional do gênero desenvolvido na prova, à abordagem do tema proposto e ao domínio da língua portuguesa em sua modalidade escrita.

A Argumente dispõe de grades específicas para avaliação da forma composicional?

Sim. A Argumente disponibiliza três grades de avaliação: uma para dissertações Enem; uma para outras dissertações, como aquelas dos vestibulares Unesp e Fuvest; e, por fim, uma grade universal para atividades de produção de gêneros discursivos/textuais. Nessa última, há grades específicas para avaliação da forma composicional. Assim, é possível, ao longo da correção, englobar as particularidades estruturais de cada gênero.

Quais são as ferramentas disponíveis para o professor corrigir as produções textuais?

Entendemos que uma correção eficaz estabelece uma orientação clara e objetiva para o estudante e deve, necessariamente, estar alinhada à cultura e à prática pedagógica de cada escola. De acordo com sua intenção, disponibilidade de tempo e proficiência do aluno, você pode utilizar os marcadores de texto, aplicar uma das grades de avaliação da Argumente, fazer comentários específicos por critério de avalição, definir uma nota, por critério e/ou total, e gravar uma devolutiva multimídia.

Como funciona a devolutiva multimídia?

A Argumente permite que o professor grave a tela de seu computador, seu áudio e, se quiser, um vídeo a partir da webcam do computador. De forma simples e ágil, você constrói um diálogo com seus alunos e pode e explorar pontos relevantes para seu desenvolvimento. Uma devolutiva multimídia tem o mesmo potencial pedagógico de uma aula particular e pode ser acessada sempre que o estudante tiver dúvidas.

Posso integrar o trabalho de corretores externos à Argumente?

Sim. Os corretores externos têm um acesso diferente à plataforma, centrado especificamente no processo de correção de textos. Isso permite que você acompanhe e alinhe as estratégias de correção e devolutivas para os estudantes com sua equipe de corretores.

A Argumente oferece o serviço de correção de redações?

Não. A Argumente é uma tecnologia educacional que traz agilidade a sua prática docente e abre oportunidade para que suas possibilidades de aulas sejam ampliadas de forma simples. Não intermediamos e não recebemos pelo serviço de correção dos professores.

Por quais plataformas/dispositivos é possível acessar a Argumente?

É possível acessar a Argumente por meio de computadores, notebooks, celulares e tablets. Recomenda se, contudo, que o navegador de internet utilizado para o acesso seja o Chrome.